Publicado por: ASM | novembro 28, 2010

ASM lança temporada verão 2011

Associação de Surf do Moçambique – temporada verão 2011

Início 22 de dezembro de 2010.

Publicado por: ASM | novembro 28, 2010

Moradores da Praia do Moçambique lutam por mais segurança

Assessoria de Imprensa ASM

A praia localizada na Grande Florianópolis não possui nem salva-vidas

“A fiscalização está mais precária porque está faltando gente para trabalhar. O ideal seria 40 policiais, mas só temos 13 para todo Parque Estadual do Rio Vermelho”, desabafa M.C, policial ambiental, quando fala da falta de segurança na mais extensa praia da Grande Florianópolis.

Ele ainda conta que estes 13 policiais ficam tudo no Centro de Triagem ambiental, e não sobra tempo para cuidar da praia.

“O ideal seria que fizéssemos uma barreira para o pessoal não ultrapassar a área de restinga, fazer bolsões de estacionamento para os freqüentadores da praia e mais segurança com rondas da polícia ambiental e militar”.

Por ser uma área de preservação ambiental, a praia do Moçambique, é mais freqüentada por moradores e surfistas que buscam uma área de lazer e tranquilidade, longe das habituais praias sempre lotadas pelos veranistas.

No entanto, a falta de segurança na praia tem preocupado os moradores da região que buscam recursos para que possam ao menos colocar salva-vidas na praia.

A Associação do Surf de Moçambique pretende colocar neste ano dois salva-vidas no local conforme recomendado pela Polícia Ambiental. Estes disponibilizaram um trailer para que os salva-vidas possam se instalar já que não tem infraestrutura no local.

Publicado por: ASM | novembro 24, 2010

Conheça a praia mais extensa de Florianópolis

Foto: Assessoria de Imprensa ASM

A praia do Moçambique integra o Parque Florestal do Rio Vermelho, que contém uma reserva de aproximadamente 400 mil metros quadrados, com vegetação predominante do pinus. Localizado na Grande Florianópolis, a praia é a mais extensa da região com 7,5km de águas claras e ecossistema arenoso e plano. Sua área é coberta por dunas, em uma reserva florestal densa.

O nome da praia foi dado em função dos moçambiques, molusco semelhante à ostra, encontrados em suas areias. Lá também pode ser encontradas outras espécies, como: peixes, siri pintadinho.Além de oferecer ótimas condições para a rede de tainha ou de cerco.

Suas ondas fortes e largas fazem com que moradores a aproveitem para a prática de surf. As águas límpidas e a areia alva da praia são outros pontos fortes.
A Praia do Moçambique, tem por limites extremos, ao norte a Ponta das Aranhas e, ao sul a linha divisória dos Distrito da Lagoa da Conceição como o de São João Batista do Rio Vermelho.

Foto: Assessoria de Imprensa ASM

Nem a chuva atrapalhou a realização do Moçambique Day, que ocorreu na última semana de setembro, na Praia do Moçambique, na Grande Florianópolis.

Com a presença da Polícia Ambiental e da Fatma, o dia de limpeza das praias conscientizou diversos moradores, surfistas e estudantes à preservação e manutenção do meio ambiente. Entre as atividades do Moçambique Day estava o catalixo, reposição de mourões, panfletagem do Parque Estadual Rio Vermelho e a oficina do Surf.

Na parte da tarde foi realizado um campeonato para os surfistas que para participarem deveriam catar três sacolas de lixo.
“A nossa intenção é agregar família, esporte e meio ambiente. Queremos criar uma cultura desse evento na Praia do Moçambique” contou o presidente da ASM, Joane Félix que estava muito satisfeito com o resultado do evento.

Ao longo do dia foram distribuídas cartilhas e realizadas atividades com as mais de 40 crianças presentes no local.

Adriana Lobo, coordenadora pedagógica do Colégio Expressão, afirmou que a escola deve propiciar este momento ao aluno, instruindo e informando a comunidade. “A ação da Associação de Surf do Moçambique veio ao encontro da nossa metodologia na escola” – finalizou a pedagoga.

Publicado por: ASM | setembro 25, 2010

Moçambique Day

Foto: Assessoria de Imprensa ASM

Ambientalismo movimenta Floripa (SC)

Por Emerson Miranda do site Waves

O Moçambique Day é promovido neste domingo (26/9), a partir das 8 horas na praia de Moçambique, Florianópolis (SC).

O evento é de responsabilidade da Associação de Surf do Moçambique (ASM), que fechou parceria com a Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) e a Polícia Militar Ambiental.

A ASM motivou em marcar esta data no calendário em função do Clean Up the World, programa lançado em 1989 pelo navegador australiano Ian Kiernan.

“Há anos realizamos este trabalho, mas temos muito que evoluir ainda, principalmente daqui pra frente, pelo fato de o Parque Estadual do Rio Vermelho (Paerv)  ter sido enquadrado no Sistema Nacional e Estadual de Unidades de Conservação, desde 2007,” esclarece Joani Félix, presidente da Comissão Eleitoral da ASM. Leia Mais…

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.